Escolha uma cor para o fundo:  
LIÇÃO 15 - COMO SERÁ A VINDA DO SENHOR JESUS?
Texto Básico: Mateus 24:15-35 // Verso Áureo: Hebreus 9:28

INTRODUÇÃO DA LIÇÃO
A segunda vinda de Jesus é um evento de maior importância para todos os que esperam na Palavra de Deus. É o momento da ressurreição e transformação dos santos, o tempo de nossa recompensa. É o tempo do acerto de contas com reis e nações; ponto de partida do Reino Milenar Messiânico e da exaltação de Jerusalém. Na vinda do Senhor, ocorrerá a conversão de Israel e veremos o cumprimento das promessas feitas ao patriarcas. Israel e Jerusalém habitarão em paz.

QUESTIONÁRIO
1. O que faz da vinda de Jesus o mais importante evento para os santos?
O escritor de Hebreus nos deixou claro que os santos do passado, embora tendo testemunho de sua integridade e fé, morreram sem alcançar a promessa (Heb. 11:13), esperando por nós (Heb. 11:39,40). Jesus vem com o nosso galardão e Paulo diz que os Seus, ressuscitarão em Sua vinda (Apoc. 22:12). É o momento de nossa transformação, de sermos revestidos da imortalidade (I Tess. 4:16,17; I Cor. 15:52).

2. De acordo com o Verso Áureo, quantas vezes ainda Jesus virá?
Jesus aparecerá segunda vez. Não existe terceira vinda de Jesus.

3. É correto a idéia de um rapto dos santos para um estágio no Céu por sete ou mil anos? Quantas vindas de Jesus ainda devemos esperar?
Os mensageiros de um rapto dos santos, dizem que os santos vivos desaparecerão secreta e misteriosamente da Terra. Que Jesus vem em duas fases, e que na primeira, ninguém o verá nem perceberá. A Bíblia não divide a vinda de Jesus em duas fases e prova que Ele virá uma só vez. Sua vinda será:
a) Barulhenta, com alarido e toque da 7ª e última trombeta (I Tess. 4:16,17)
b) Visível (Apoc. 1:7)
c) Marcada pela primeira ressurreição, a dos santos (Apoc. 20:5-6)

4. Que orientação deixou Jesus quanto aos que falam de uma vinda invisível?
"Portanto, se vos disserem: Eis que Ele está no deserto, não saiais; eis que ele está no interior da casa; não acrediteis. Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem." (Mat. 24:26,27). O relâmpago é visível a todos. Portanto, Jesus não virá de forma a não ser visto por todos, mas visível como o relâmpago. Se tentarem nos induzir a que Ele vem invisivelmente, não devemos crer.

5. Mas Jesus não vem como o ladrão de noite? Não vem nos raptar?
Os defensores de um rapto, chegam ao extremo de afirmar que Jesus vai raptar até mesmo as criancinhas, filhos dos ímpios. Que, neste caso, Jesus não vem como um ladrão, mas que é realmente um ladrão, um seqüestrador. Será isto que a Bíblia quer dizer? Os textos de Mateus 24:42-44 e II Pedro 3:10, falando da vinda e do dia do Senhor, estão se referindo a um ladrão, quanto ao descuido das pessoas, ou seja, ninguém sabe quando ele vem. Assim será a vinda e o dia do Senhor. Todos estarão distraídos (menos a Igreja de Deus; ver I Tess. 5:1-4), pensando em paz e segurança e então virá a destruição. Pedro fala na mesma passagem, de um grande estrondo.

6. No momento da destruição final, o grande dia da ira de Deus, será a Igreja retirada do mundo?
Jesus orou por nós, para que Deus nos guardasse do mal e não para que nos tirasse do mundo (João 17:15; Apoc. 3:10). Ele prometeu estar conosco até o fim do mundo ou da era (aion - ver Mateus 28:20) e afirmou trigo e joio devem crescer juntos até o dia da separação. Que na separação final, primeiramente o joio será ajuntado e queimado no fogo (Mateus 13:30, 49,50).

7. Jesus disse que ninguém, exceto o Pai, conhecia o dia de Sua vinda. Se Jesus só vem sete anos após um rapto, não saberiam todos os homens deste dia?
Os futuristas, para não se verem confusos e terem que admitir uma terceira vinda de Jesus, dizem que o rapto não é considerado como vinda e sim como uma das duas fases de Sua única vinda. Acontece que Paulo nos fala que a ressurreição dos santos se dará na Sua vinda (I Tess. 4:15, 16) e que será mediante o toque da trombeta (I Cor. 15:51,52). É, portanto, impossível separar a ressurreição dos santos da segunda vinda de Cristo. De acordo com a teoria do rapto todos os homens ficarão sabendo o dia da vinda do Senhor. Basta acrescentar sete anos em cima da data do rapto. Não é isto uma contradição, já que eles dizem que o rapto não é a vinda do Senhor?

8. Já que o rapto não acontece na vinda de Jesus (opinião futurista) tem sentido a Palavra nos recomendar a vigiar e estarmos preparados para a Sua vinda?
Os futuristas advogam que haverá um rapto e que a vinda de Jesus ocorrerá somente sete anos após. Jesus e Seus apóstolos, no entanto, nos admoestam a vigiar, em função do dia da Sua vinda (Mat. 24:42-44; 25:13; I Tess. 5:2,6; Apoc. 16:15). Jesus nos orientou a negociarmos nossas minas ou talentos, até que Ele venha (Luc. 19:13). Por que vigiarmos por um dia se seremos raptados muito tempo antes? Não deveriam advertir a vigiar por causa do rapto? Ademais, Ele disse que nos levará para Si mesmo, na Sua vinda, quando voltar (João 14:3). Tiago e o escritor de Hebreus nos recomendam a sermos pacientes, até a vinda do Senhor (Tiago 5:7; Heb. 10:36,37).