Escolha uma cor para o fundo:  

LIÇÃO 08 - O REINO MILENAR MESSIÂNICO
Texto Básico: Isaías 11:1-12 // Verso Áureo: Daniel 2:44

INTRODUÇÃO DA LIÇÃO
A grande esperança do povo de Israel é pelo Messias e por uma era de paz e justiça na Terra. Exatamente esta é a mensagem que anunciamos ao mundo ao testemunharmos do Evangelho do Reino de Deus. A instauração deste reino é certa e tudo indica que estamos próximos deste grande evento. Vivemos a parte final da estátua vista por Nabucodonozor e é nos dias destes reis que o Senhor levantará um reino que jamais será destruído. Não haverá nenhum outro governo intermediário!

QUESTIONÁRIO
1. Que importante promessa incondicional foi feita a Davi e confirmada ao povo judeu por meio dos profetas? Qual é o mistério anunciado aos profetas?
A continuidade do reino e do trono de Davi, com o Messias no poder (Salmo 89:3,4; 132:11; Jer. 23:5-8). Esta era, que denominamos Reino Milenar Messiânico será um período de paz e justiça na Terra e disto falaram os santos profetas. Ao toque da sétima e última trombeta, o mistério encontrará seu cumprimento (Apoc. 11:15).

2. Passava pela mente dos discípulos de Jesus o estabelecimento de um reino nos céus? Estava Pedro preocupado em como ir ao Céu com Jesus?
Jamais foi ensinado ou crido pelos israelitas e pelos apóstolos um reino ou morada nos céus. Os discípulos, sempre que lhes parecia oportuno, indagavam se era o momento de Jesus assumir o comando em Jerusalém e instaurar o reino (Luc. 19:11,12; João 6:14,15; 12:14,15; Atos 1:6-8; Luc. 1:68-74; 24:21; João 13:36,37; 14:3). Infelizmente, não puderam entender que o reino seria mundial e sobre todas as nações.

3. Para onde irá o Senhor Jesus em Sua vinda, após o glorioso encontro com Seu povo? É bíblico um retorno aos céus? A pedra que feriu a estátua não voltou para o Céu. Ao contrário, se fez um grande monte e encheu toda a terra (Dan. 2:35). Quando Jesus vier, após o encontro com os salvos nas nuvens, Ele descerá sobre o Monte das Oliveiras (I Tess. 4:17; Zac. 14:4). Dará livramento a Jerusalém, converterá a Israel e se assentará no trono de Davi (Zac. 12:8-10; 14:9; Mat. 25:31; Atos 2:30). Não há retorno ao Céu!

4. Qual é o principal objetivo do Reino Messiânico e que fato acontecerá no final deste? Como estará o planeta após a derrota de todos os inimigos?
A terra está contaminada e terá que passar por uma transformação (Isaías 24:5,6). Jesus já aniquilou o pecado com seu sacrifício e agora vira para completar Seu trabalho, derrotando os inimigos para, no fim dos mil anos, entregar o Reino ao Pai (I Cor. 15:24-28; Salmo 110:1.2). A terra, totalmente purificada, estará apta para receber a Nova Jerusalém e o Pai (Apoc. 21:1-3).

5. Quem serão os participantes do Reino e como se comportarão?
Na condição de homens sobreviventes ao Armagedom, estarão aqui os israelitas e os restantes das nações (Isaías 24:6; Ezeq. 36:36). Os restantes das nações (que se posicionaram contra Jerusalém) deixarão de ser ímpios e servirão ao Senhor, cumprindo-se assim muitos Salmos que proclamam um tempo em que todos os povos O adorarão (Zac. 14:16; Dan. 7:27; Salmo 72:11; 22:27-29). Os santos, já não mais estarão como homens, e sim como anjos, possuindo, portanto, uma natureza diferente (Mat. 22:30; I Cor. 15:42-44, 52-54). Estes estarão no governo e serão reis e sacerdotes durante todo o Milênio (Apoc. 5:9,10; 20:6; 3:21; 2:26,27).

6. Que papel exercerá a cidade de Jerusalém terrena, no Reino Messiânico?
Jerusalém terrena será a capital do Reino e de onde partirão todas as decisões. Haverá segurança e será exaltada; a ela concorrerão os povos (Isaías 24:23; 2:3; Miq. 4:2; Jer. 33:16; Joel 3:20,21; Zac. 2:10-13; 8:22) .
7. Que sucederá aos homens no fim do Milênio?
No fim do Milênio a Terra estará novamente populacionada. Os restantes das nações deram continuidade a vida humana no planeta, todavia seus descendentes não conheceram o mal. Nunca foram provados, pois satanás e suas hostes estiveram aprisionados para não os enganarem. Findo os mil anos este adversário será solto por um pouco de tempo e buscará recrutar discípulos para a última tentativa de aniquilar a Cristo. Sitiará a cidade santa (Jerusalém terrena), mas fogo descerá do Céu e os consumirá (Apoc. 20:1-10). Os homens que não aderirem a este levante, terão a oportunidade de adentrarem o reino eterno, pois a morte, o último inimigo, será eliminada (Apoc. 20:14; 21:24-26; 22:2).